Persistência e organização garantem Direito a Tarifa Justa de água


A SABESP voltou novamente a Rua Mário Marcondes nesta terça(30) para finalizar o processo de correção das contas de junho que haviam vindo com valor abusivo, e ao mesmo tempo fazer a migração de todas as contas para a “Tarifa Social” onde as famílias que consumirem até 10 mil litros d’água por mês, pagarão um valor de no máximo 20 reais, neste caso já incluso o esgoto. Hoje foi o dia que selamos nossa vitória, conquistando uma tarifa e deixando aberta uma negociação para fazer uma estudo da rede de esgoto, que foi feita pela própria comunidade, mas fora das normas técnicas, e por isso vez ou outra entope, causando transtornos para os moradores. Mas isto é outra luta…. Gratidão a Nilda do MDM e a garra de Thainá, Elisângela, Marquinhos e todos(as) que acreditaram. No momento agradecemos a Sra Edilane da Comunicação Social pela Sabesp e dos técnicos que vieram dialogar e explicar o projeto para a comunidade.

Compartilhe agora com seus amigos

Notícias Relacionadas

veja também em nosso site

Galeria de Fotos

Galeria de Fotos