Dia 20 de Novembro a resistência continua!


Hoje houve a celebração do dia da Consciência Negra na Av. Paulista, onde negros e negras participaram da 16ª Marcha da Consciência Negra, com o tema: “Vida, liberdade e futuro! Contra o genocídio e a criminalização do Povo Negro”. A marcha contou com apresentações culturais e falas dos principais movimentos negros de São Paulo, além da caminhada de 5 km acompanhada por lideranças da FACESP/CONAM.

Apesar de todo tipo de retrocesso que a negritude passa, vale comemorar o fato de pela primeira vez o número de negros e pardos ser maior que o de brancos, nas universidades públicas, segundo pesquisa do IBGE, divulgada no dia 13/11. Isto demonstra que as políticas afirmativas, depois de alguns anos começam a dar resultados.

Por outro lado, o dia 20 de novembro foi manchado por vários episódios de intolerância e violência, promovidos por pessoas de extrema direita que manifestaram seu racismo de forma explícita e propositalmente nesta data. Dentre estes, o Dep. Federal Coronel Tadeu – PSL/SP, que vandalizou uma obra na mostra cultural sobre o Genocídio da População Negra no DF; houve também o esfaqueamento do professor da UNESP – Juarez Xavier, após ser xingado de macaco em Bauru; e por último um grupo conservador de 20 homens e mulheres brancos tentaram impedir a missa comemorativa ao Dia da Consciência Negra, realizada ali há 15 anos nessa Igreja do RJ, e que segundo eles não poderia ocorrer por usar instrumentos e vestimentas africanas.

Seja como for, em nenhum caso, os ofendidos se omitiram ou se intimidaram, pois isso só fortaleceria os agressores – pelo contrário! – todos os casos foram denunciados a polícia e a justiça para que pessoas racistas saibam que o racismo é um crime e deverão pagar por ele. Cada movimento social é hoje perseguido, mas mesmo assim segue sendo necessário se somar aos que combatem todo tipo de discriminação, preservando a humanidade de cada um.

Matéria por Tonhão – Diretor de Comunicação da FACESP/CONAM

Compartilhe agora com seus amigos

Notícias Relacionadas

Idosos sofrem com fim da gratuidade

Idosos sofrem com fim da gratuidade

Nesta segunda-feira(12) foi ao ar, no Programa Fala Brasil, matéria que denuncia sofrimento dos idosos que perderam seu direito a gratuidade nos transportes, desde 1º de fevereiro ...

veja também em nosso site

Galeria de Fotos

Galeria de Fotos